Festival do Vinho do Douro Superior em Foz Côa

Vila Nova de Foz Côa recebe, pelo quinto ano consecutivo, o «Festival do Vinho do Douro Superior» de 20 a 22 de maio.
Organizado pelo Município de Foz Côa e produzido pela Revista de Vinhos, este é um evento que em muito tem contribuído para afirmar a cidade como «Capital do Douro Superior» e divulgar esta sub-região como terra de dinamismo e qualidade.

O certa18.1me é de entrada livre e nele comporta os stands de mais de 70 produtores de vinho que vão marcar presença no ExpoCôa – Pavilhão de Exposições e Feiras, dando a provar os seus vinhos aos visitantes. Os stands de sabores e as «tasquinhas» serão também cartão de visita do festival e, tanto no vinho como na comida, a maior parte dos produtos em exposição estarão à venda no local. Serão centenas as iguarias a representar não só a cidade de Vila Nova de Foz Côa, mas também os concelhos circundantes de Carrazeda de Ansiães, Figueira de Castelo Rodrigo, Freixo de Espada à Cinta, Mêda, São João da Pesqueira, Torre de Moncorvo e Vila Flor.

O programa começará com o colóquio para profissionais do sector do vinho, subordinado ao tema «Douro Superior: Fronteiras da Liberdade» que, apresentado e moderado pelo crítico Luís Antunes, da Revista de Vinhos, contará com grandes nomes do vinho, da gastronomia e do jornalismo português, como Mateus Nicolau de Almeida, Luís Sottomayor e Mário Zambujal, entre outros.

As habituais provas comentadas serão três apresentando, no primeiro e no último dia, os grandes brancos e tintos do Douro Superior pelas mãos dos jornalistas e críticos de vinhos, da Revista produtora do evento, João Paulo Martins e Fernando Melo, respectivamente. No segundo dia, o Instituto do Vinho do Douro e Porto coordenará a prova estreante ‘Vinhos do Porto em harmonização com chocolates’. Não faltará, também neste dia, o Concurso de Vinhos do Douro Superior, igualmente na sua quinta edição, com anúncio dos resultados marcado para o último dia, às 17h00. De seguida serão conhecidos os vencedores do 1.º Concurso de Azeites de Trás-os-Montes e Alto Douro, uma iniciativa que se estreia este ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *