Exportações de vinho vão ultrapassar os 700 milhões de euros

O ano de 2016 deverá registar exportações de vinho da ordem dos 730 milhões de euros, afirmou Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal.

Apesar da queda acentuada registada em Angola, o presidente da Associação Interprofissional do Sector Vitivinícola (Viniportugal) conta chegar ao final do ano com valores muito próximos dos do ano passado. “No ano passado fechámos com cerca de 737 milhões de euros em exportações e a expectativa para este ano é fecharmos muito perto deste valor”, revelou.

Em declarações à agência Lusa, Jorge Monteiro explicou que o mercado de Angola tem atravessado “um momento muito complicado”, com Portugal a perder, nos últimos dois anos, cerca de 70 milhões de euros em exportações no setor dos vinhos.

“Se olharmos para as exportações globais, estamos com uma queda de 2,7 por cento, ou seja, uma queda de 13 a 14 milhões de euros”, acrescentou.

1-1Sobre o maior destino dos vinhos portugueses, o presidente da ViniPortugal informa que se trata da França, por causa do vinho do Porto.

“Retirando os vinhos fortificados – Porto e Madeira – o maior destino são os Estados Unidos da América. Estimamos a fechar o ano com 75 milhões em exportações para os EUA”, destacou.

Este é aliás um destino no qual se pretendem continuar a investir no próximo ano, já que se trata de “um mercado muito aberto e com grande potencial”.

“Este é um mercado onde se verifica um efeito montra, ou seja, influencia decisões de outros mercados. É aqui que estamos a meter a maior fatia de investimento: 25 por cento são colocados na América do Norte”, sustentou.

Quanto aos mercados no Oriente – China, Japão e Coreia – a aposta “é feita numa lógica de longo prazo”.

“Enquanto nos Estados Unidos se fala de 75 milhões de euros em exportações, na China são 12 milhões e no Japão 5 milhões: não tem a mesma expressão, mas tem taxas de crescimento muito interessantes”, concluiu.

Fonte: Lusa

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *