Escola de Hotelaria de Colares com número recorde de formandos

A Escola Profissional Alda Brandão de Vasconcelos (EPAV) – Escola de Hotelaria de Colares, ultrapassou os 550 formandos, número nunca alcançado, que estão distribuídos por 26 turmas.

Os mais de meio milhar de futuros profissionais estão distribuídos pelos cursos de Cozinha-pastelaria, Pastelaria-Padaria, Restaurante-Bar, Apoio à Infância, Proteção Civil e Turismo Ambiental e Rural.

6-1Este facto obrigou à contratação de mais uma dezena de formadores, aumentando-se assim o quadro de pessoal, “facto que muito nos orgulha”, refere o Director da EPAV, José Luís Furtado, “e que prova que a nossa escola é cada vez mais procurada, tanto por alunos, como por empresas que vêm aqui contratar os seus profissionais”.

Actualmente, existem formandos da EPAV em diversos hotéis e restaurantes de topo em todo o país, em particular em Lisboa e Cascais.

O curso de Cozinha-Pastelaria é o que tem mais alunos distribuídos por doze turmas divididas entre os cursos profissionais, vocacional secundário e de aprendizagem. Protecção Civil, Turismo Ambiental e Rural e Restaurante-Bar, todos com três turmas. Apoio à Infância, CEF Tipo II de Comércio e Distribuição com duas turmas e, com uma turma, Vocacional Básico de cozinha/restaurante/andares, o 1º curso profissional de Pastelaria-Padaria e o CEF Tipo III de Pastelaria-Padaria.

Estes números podem ainda aumentar dado que a escola aceita matrículas até 31 de Dezembro.

A Escola de Hotelaria de Colares caracteriza-se por ser uma alternativa de educação ao nível da oferta do ensino secundário regular na região de Colares, com cerca de 500 alunos e inserida numa quinta de 12 hectares.

Com protocolo firmado com o Ministério da Educação, a escola não cobra propinas aos alunos e tem uma empregabilidade superior a 90 por cento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *