‘DOURO TGV- Turismo, Gastronomia e Vinho’ em Vila Real

Evento não chega em forma de comboio rápido, mas quer contribuir para «acelerar» a promoção do melhor desta região, ou seja, precisamente o ‘Turismo’, a ‘Gastronomia’ e o ‘Vinho’, daí as siglas.

Promovido e tendo como palco o Regia-Douro Park – Parque de Ciência e Tecnologia, acontece de 10 a 12 de Maio, em Vila Real, a cidade que se quer afirmar como a porta de entrada para o Douro. Serão três dias de grande «aceleração» na região do Douro, num evento que se destina aos agentes e às gentes da região; aos diversos alunos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), futuros embaixadores da região e a todos os players cujas actividades versem turismo, gastronomia e vinho.

Começa-se por “forrar o estômago” com a ‘Gastronomia’ a dar mote ao primeiro dia, 10 de Maio. Sob a designação ‘Douro Gourmet’ o programa divide-se em quatro abordagens temáticas: Douro Internacional, Douro Integral, Douro Glocal e Douro Mundial. A moderação fica a cargo de Duarte Calvão – consultor gastronómico da Associação de Turismo de Lisboa, director do Peixe em Lisboa, co-autor do blog Mesa Marcada e que durante vários anos escreveu sobre gastronomia e restaurantes nas páginas do Diário de Notícias – e Teresa Albuquerque, vice-presidente do Instituto Internacional Casa de Mateus. A apresentar casos de sucesso e a debater novas oportunidades para o Douro estarão chefes de renome, gastrónomos e especialistas em produtos como o porco bísaro, a maçã, a castanha, o azeite, ervas e flores comestíveis. Não faltarão momentos de degustação, de produtos endógenos, mas também de sabores mais exóticos e inusitados.

A realidade aumentada e a procura de soluções integradoras de serviços e produtos trazem uma nova perspetiva às relações entre clientes e empresas, pessoas e territórios. O tema ‘Turismo’ embarca no ‘DOURO TGV’ na tarde de dia 11. Sob o mote ‘Douro 3.0.’ vai ser explorada a vertente tecnológica ligada ao turismo: as viagens são cada vez mais planeadas com base em visitas prévias, feitas através do mundo digital. Quem navega no Douro? Uma questão com duas dinâmicas – em sentido lato e do ponto de vista virtual – e que será abordada no evento. Neste dia serão apresentados alguns projetos de investimento turístico que estão previstos para o Douro.

The last but not te least: a sexta-feira, dia 12, é dedicada ao ‘Vinho’. A manhã vai ser de trabalho em duas frentes. Pelas 09h30 começa uma ‘Viagem Enológica’ por diferentes regiões vitivinícolas, com a presença e testemunho do espanhol Raúl Perez, da francesa Valerie Lavigne (a confirmar) e do luso-australiano David Baverstock, e moderada por Tim Hogg, cientista na área da enologia, reconhecido professor universitário e director do Centro de Excelência da Vinha e do Vinho (CEVV), inserido no Regia-Douro Park. Ao mesmo tempo, acontece a primeira edição do ‘Concurso de Vinhos Douro TGV by Regia-Douro Park’, no qual serão eleitos por um eclético painel de jurados os melhores brancos e tintos, de entre os vinhos presentes na ‘Mostra de Vinhos e Sabores DOURO TGV’, que tem lugar nesse mesmo dia, pelas 16h30 – aberta ao público e de entrada gratuita.

A tarde começa com um painel sob o mote ‘O Vinho e o Digital’, dividido em três sub-temas: ‘A Escrita e Crítica Digital’, ‘Ferramentas Digitais ao Serviço do Vinho’ e ‘Vinhos, Filhos do Digital’. Nesta última parte teremos dois vinhos em palco: um preview do branco e tinto ‘Bons Rapazes by Lavradores de Feitoria’, vinhos da autoria da dupla Tiago Froufe da Costa e Pedro Teixeira (actor da TVI) em parceria com a Lavradores de Feitoria; e o quase esgotado ‘Bebes.Comes’, um DOC Dão do casal de bloggers Joana Marta e Pedro Moreira e da enóloga Lúcia Freitas.

O programa final do evento e outras informações vão estar disponíveis no site do projeto Regia-Douro Empreendedor, promovido pelo Regia-Douro Park, em www.regiadouroempreendedor.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *