//Dois quilos de cerejas por 560 euros

Dois quilos de cerejas por 560 euros

Leilão solidário das ‘Maiores Cerejas do Fundão’ rendeu o valor mais elevado de sempre.

Organizado pela Câmara Municipal do Fundão desde 2017, o leilão solidário marca, habitualmente, o início da campanha da cereja, após o tradicional toque do sino. A pandemia de COVID-19 obrigou a uma mudança no programa e o leilão decorreu online, com transmissão em direto na página de Facebook do Município do Fundão.

O lote único de dois quilos que foi a leilão era constituído pelas ‘maiores cerejas’, com frutos que apresentavam um tamanho muito acima do habitual, com um calibre médio de 34/36. A base de licitação era de 100 euros e os lances com o valor de dez euros surgiram de entre o grupo de 20 participantes constituído por empresários, representantes de outros municípios e figuras públicas, como o escritor Miguel Esteves Cardoso.

Através de uma plataforma ‘online’, os interessados foram subindo o valor das ofertas, até se alcançar um lanço final de 560 euros, valor que será utilizado na compra de equipamentos de proteção individual para pessoal dos lares do concelho do Fundão
João Magalhães, proprietário do Intermarché do Fundão’, foi o ‘comprador’ destas cerejas especiais que partilhou com os trabalhadores a laborar na remodelação da sua superfície comercial, a reabrir brevemente.

A Campanha da Cereja do Fundão inspira-se, este ano, no provérbio “As Conversas são como as Cerejas” e foi elaborado um programa com várias iniciativas online para promover a cereja que podem ser acompanhadas na página oficial do Facebook da Cereja do Fundão.

Se quer saber mais sobre as cerejas portuguesas, aceda AQUI:
http://jornalsabores.com/as-cerejas-portuguesas/