Cogumelos «pagam» farmácia à Casa do Gil

2X0J0NDonativo da produção de cogumelos em borras de café, permite pagar despesas de farmácia da Casa do Gil durante um ano.

A Gumelo, empresa portuguesa que produz cogumelos a partir de borras de café, entregou à Fundação do Gil o valor resultante do primeiro ano de vendas em Portugal de «O Meu Primeiro Gumelo».
Um valor que, nas palavras de Patrícia Boura, presidente da Fundação do Gil, “permitirá pagar, durante um ano, as despesas de farmácia da Casa do Gil, um dos projetos da associação”, que tem como missão a reintegração de crianças e jovens em risco.

Para Tiago Marques, fundador da Gumelo, “este donativo faz todo o sentido, tendo em conta as preocupações sociais da empresa e dos sócios fundadores. O apoio à Fundação do Gil surge de uma forma natural e pelo fato de “O Meu Primeiro Gumelo” também ser conhecido como o cogumelo pronto-a-crescer para os mais novos”.

O valor doado, mais de 3 mil euros, resulta do primeiro ano de vendas de «O Meu Primeiro Gumelo», 1€ pela compra de cada unidade.

Durante a cerimónia, a Gumelo renovou o contrato de apoio à Fundação do Gil, assumindo o compromisso de continuar a ajudar a Casa do Gil durante mais um ano.

«O Meu Primeiro Gumelo», cogumelo pronto-a-crescer para os mais novos, para além de ensinar a partilhar, responsabilizando os mais jovens para a área social, é uma oportunidade para explorar a criatividade, sensibilizar para a ecologia, estimular o gosto pela ciência, despertar para os sabores e promover uma alimentação saudável.
«O Meu Primeiro Gumelo», espécie Pleurotus ostreatus, está disponível em duas versões. Uma versão com a caixa ilustrada por Carla Antunes (uma referência na ilustração infantil portuguesa com um traço inconfundível) e outra ilustrada por Ricardo Manso (um artista plástico com diversos trabalhos em escultura, desenho e ilustração digital 3D). Ambas as versões incluem lápis de cor (colorir a caixa), vaporizador (regar e fazer crescer os cogumelos), instruções e um guia para que os adultos possam acompanhar as crianças e tirar o máximo partido pedagógico desta experiência.

Gumelo:

A história da Gumelo começou em 2009, quando João Cavaleiro, biólogo de formação, teve acesso a informação científica, com origem num estudo desenvolvido no México, que despertou a sua paixão pela produção sustentável de cogumelos.

Dois anos mais tarde, João Cavaleiro e dois dos seus melhores amigos de infância, Tiago Marques e Rui Apolinário, fundam a Gumelo em Almeirim e lançam o «Eco Gumelo», atualmente com o nome «Gumelo Original», o cogumelo gourmet pronto-a-crescer, produzido a partir de borras de café, que chegou ao mercado em setembro de 2012. Um produto ecológico e fácil de cultivar em casa, através de um processo divertido, que permite acompanhar o desenvolvimento deste microrganismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *