«Cidade do Vinho» assinalou lançamento de vinho e aniversário da AMPV

Arinto dos Açores é a casta predominante do licoroso Comemorativo da Madalena, «Cidade do Vinho 2017». Jantar vínico assinalou o 10º aniversário da AMPV.

O Município da Madalena lançou o repto e os produtores de vinho logo se uniram, criando um licoroso excecional e cheio de identidade, que se assume como vinho comemorativo da Madalena, Cidade do Vinho2017.

10O arinto dos Açores é a casta predominante deste delicioso néctar, cuja graduação irá variar entre os 17 e os 18 graus, criado com o contributo de todos os produtores da ilha, O Czar, A Buraca, A Curral Atlantis, a PicoWines e a Azores Wine Company.

A reunião dos diferentes lotes, o mais antigo de 2004 e o mais recente de 2014, resultou num produto que, segundo Paulo Machado, da Comissão Executiva da Cidade do Vinho 2017, “entra com um ataque doce, que rapidamente é equilibrado e tem um final tão fresco, que é impressionante (…) já denotando alguma evolução e complexidade aromática”.

Décimo Aniversário da AMPV Celebrado com Jantar Vínico

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho está em pleno mês de celebração dos dez anos de vida e a festa aconteceu no coração do Atlântico, num jantar promovido pelo Município da Madalena em que os deliciosos néctares do Pico, Douro, Alentejo e Carcavelos foram os verdadeiros anfitriões.

Dezenas de pessoas participaram, quarta-feira, no jantar comemorativo do décimo aniversário da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), que contou com a presença do secretário geral da instituição aniversariante, José Arruda.
Das sapateiras à suculenta carne de cabrito, muitas foram as sugestões propostas pelo chef Rodrigo Castelo e pelo seu ajudante Francisco Goncalves, que seduziram os amantes da gastronomia, num jantar em que os vinhos do Pico, Douro, Alentejo e Carcavelos foram os verdadeiros anfitriões, e cujas características, que fazem destes os mais deliciosos néctares do país, mereceram o comentário dos enólogos Tiago Correia e Maria Vicente, bem como dos produtores locais Marco Faria e Filipe Rocha.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *