Chícharo em Festival Gastronómico

Alvaiázere, a «Capital do Chícharo» vai colocar em destaque, mais uma vez, esta leguminosa através da 14ª edição do Festival Gastronómico do Chícharo, de 10 a 13 de junho de 2016.

A promoção da leguminosa «chícharo» (Lathyrus sativus L.) tem constituído uma das principais apostas do município no desenvolvimento de uma estratégia turística, evidenciando as caraterísticas do território e das suas gentes. O principal objetivo do evento é, assim, potenciar a divulgação e o desenvolvimento do concelho de Alvaiázere, no distrito de Leiria, e apresenta um cartaz diversificado de atividades.

O chícharo é uma leguminosa semelhante, em aspeto, ao tremoço, de cultivo fácil, muito nutritivo e que pode ser cozinhado da mesma forma que o feijão, acompanha pratos tão diferentes como peixe, enchidos, bacalhau, entrecosto, cabrito, sopa, migas e tartes.
O chícharo, quase desconhecido em Portugal, tem em Alvaiázere, na região centro, uma longa tradição.

É igualmente conhecido por «xíxaras» embora, na designação oficial, surja identificado como chícharo, uma leguminosa rica em proteínas, hidratos de carbono e sais minerais, cultivada desde épocas remotas como planta forrageira ou como legume comestível.

Elemento característico da região de Alvaiázere, a cultura do chícharo é normalmente feita de forma intercalar entre oliveiras, figueiras e outras árvores de produção, aparecendo também associada ao cultivo do grão-de-bico.
Os relatos das gentes da região, segundo o município de Alvaiázere, dão conta de que antes de se consumir o chícharo deve ser demolhado e pode ser utilizado de diferentes formas, em puré, ou como acompanhamento de carnes, enchidos e peixes.

A popularidade que esta leguminosa tem ganho nos últimos tempos, leva a que já se encontre em alguns pontos de venda fora da região de Leiria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *