Chefe Silva tem busto de homenagem na terra natal

O município de Amares inaugurou um busto de homenagem ao «Chefe Silva» em Caldelas, no concelho de Amares.

O busto, em bronze, é da autoria do escultor Ariosto Madureira e está localizado num jardim, frente às Termas de Caldelas, freguesia natal do homenageado que faleceu em outubro de 2015.
Na cerimónia, o presidente da Câmara Municipal de Amares declarou: “Aqui fica o nosso muito obrigado ao Chefe Silva e que esta homenagem que lhe fazemos hoje o perpetue para todo o sempre”. Lembrando que a Assembleia Municipal de Amares já havia homenageado em vida o chefe Silva, Manuel Moreira acrescentou que o homenageado “nasceu aqui em Caldelas e é um filho da terra que se tornou uma grande referência da gastronomia portuguesa a quem devemos muito”.

O presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, José Manuel Almeida, lembrou que a “humildade e a prontidão para ajudar” sempre foram as caraterísticas mais marcantes deste homem que é um símbolo que sempre honrou o Município. “Esta justa homenagem reconhece os seus serviços e enaltece a paixão que o Chefe Silva sempre teve por Amares e pela sua terra natal até ao fim dos seus dias”, frisou.

Presente na cerimónia o filho do homenageado, Domingos Silva, acompanhado pelos filhos Bárbara e Guilherme, referiu que é “ uma enorme honra e um grande orgulho viver este momento de homenagem ao meu pai e avô dos meus filhos aqui presentes”.

António da Silva nasceu a 29 de Março de 1934. Estudou no Seminário de Santarém, prestou o serviço militar no Lumiar, em Lisboa, trabalhou em Moçambique, na Escola de Hotelaria, em Hotéis na Invicta e em Lisboa. Foi o primeiro cozinheiro a fazer um programa de televisão em Portugal, participou em programas de rádio com Júlio Isidro, na Rádio Comercial e fundou a Teleculinária, revista que chegou a vender 250 mil exemplares por semana, para além de mais de uma dezena de livros de culinária.

O coro de Caldelas associou-se também a esta homenagem, interpretando duas das músicas preferidas do cozinheiro e uma com letra original especialmente escrita para o Chefe Silva.

2 thoughts on “Chefe Silva tem busto de homenagem na terra natal

  1. Bem Merce Chefe Silva ter uma homenagem a nivel nacional ..”todo o mundo da Cozinha ” ainda “bebe” á conta do GRANDE CHEFE SILVA

    1. Tem toda a razão Mário. Embora o Chefe Silva, contra o que é habitual, ter tido algumas homenagens em vida.
      E como acontecerá sempre, são os que continuam a «beber» à conta que menos se manifestam. Abraço

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *