//Campeões dos jantares românticos

Campeões dos jantares românticos

A 14 de fevereiro somos quem mais janta romanticamente, preferimos comida regional e gastamos menos.
Não venham para cá com essa da falta de romantismo dos portugueses (as). Os resultados deste estudo provam o contrário e até ficamos a grande distância de outros europeus.

A plataforma de reservas de restaurantes TheFork, com presença na Europa, América Latina e Austrália, realizou recentemente um estudo sobre os hábitos europeus no Dia dos Namorados, avaliando a tradição do jantar romântico do dia 14 de Fevereiro.

Neste dia, indica a média europeia de entre os nove países onde a plataforma está presente, a correria aos restaurantes, em geral, triplica. Mas Portugal lidera o pódio com as suas reservas até a quadruplicar, ultrapassando assim países como a França, Suíça, Holanda e Itália, refere um comunicado da empresa.

A informação da TheFork avança também com uma informação que pode levar a concluir que os (as) tugas são os mais forretas, mas não é bem assim. O valor das reservas é mais baixo, mas não se esqueçam que nos restantes países, os ordenados são bem mais altos.
Outro dado do estudo também pode ter influência na decisão do jantar a dois: em Portugal, o valor das reservas para este dia é de 24,2 euros, sendo inferior à média europeia da plataforma, que é fixada em 35 euros. A liderar este top, está a Suíça, com preço médio de 54,5 euros. A França fica nos 32,1 euros; a Holanda nos 33,5 euros e a Itália em 29 euros.

E comemos a gastronomia da nossa região, sem preocupações de impressionar o (a) namorado (a) com nomes de cozinha internacional.

E que gastronomia é mais escolhida pelos europeus (entre Espanha, França, Bélgica, Suíça, Holanda, Itália, Suécia e Dinamarca)? A italiana, com os restaurantes da especialidade a estarem incluídos entre os mais reservados em Portugal, França, Itália, Holanda e Suíça.

Mas em “Portugal reina a gastronomia local”, salientam. Seguem-se uma genérica “gastronomia internacional” e, em 3.º lugar, a italiana. Em França, a cozinha francesa lidera as preferências, seguindo-se a italiana e a indiana. Já a Itália aventura-se por novos sabores, com o consumo de marisco e comida japonesa.