Bocage «engarrafado»

Para assinalar os 250 anos do nascimento de Bocage, a Casa da Poesia lança garrafas de Moscatel com poesia do poeta setubalense nos rótulos.

A Associação Casa da Poesia de Setúbal, em parceria com a Casa Ermelinda Freitas, vai lançar no próximo domingo dia 11 de setembro uma série de garrafas de Moscatel de Setúbal, em cujos rótulos podem ler-se poemas de Bocage.

Esta é a terceira iniciativa que liga o famoso vinho licoroso desta região, sempre do mesmo produtor, à poesia. A primeira edição realizou-se no Natal de 2014 e, como recorda Alexandrina Pereira, “demos-lhe o nome de ‘Vinhos Solidários’ pois parte da receita destinou-se ao Centro de Acolhimento de Crianças em Risco da Cáritas Diocesana de Setúbal. Foram feitos conjuntos de cinco garrafas com cinco poemas de poetas setubalenses: Sebastião da Gama; Cabral Adão; Bocage; Calafate e Mª Adelaide Rosado Pinto”.

A segunda edição seguiu o formato do primeiro e aconteceu no Natal de 2015. “Mantivemos os vinhos da Casa Ermelinda Freitas, graças ao espírito de colaboração e generosidade da empresária Leonor de Freitas e demos visibilidade a outros seis poetas também setubalenses. O valor financeiro solidário destinou-se à obra do padre Constantino, a Clínica Social Dentária, esclarece a presidente da associação de poetas.

2-1Na apresentação a realizar no domingo 11 de setembro, pelas 17h, na Casa da Baía localizada na Avenida Luísa Todi em Setúbal os presentes poderão provar e adquirir este moscatel cuja receita terá como destino, pela primeira vez, o apoio às diversas iniciativas que a Casa da Poesia de Setúbal pretende promover ao longo do ano.

As garrafas que evocam Bocage podem, assim, ser adquiridas no dia da apresentação e também no decorrer da Tertúlia Bocageana a realizar no dia 14 de setembro na Capricho Setubalense. Alexandrina Pereira revela que “após o sucesso dos eventos dos anos anteriores já existem coleccionadores que aguardam a chegada de mais uma nova edição de garrafas para «a coleção».

A Associação

A Associação Casa da Poesia de Setúbal nasceu no início do ano de 2014 mercê da iniciativa de vários poetas, tendo como objectivo principal reunir poetas e amantes da escrita e da palavra sob o pretexto de dinamizar e divulgar as obras literárias de autores do concelho. Desde a sua fundação que os eventos culturais onde a Poesia é soberana se sucedem nos mais variados lugares, envolvendo assim toda a comunidade. Reconhecendo a sua dinâmica e a crescente presença na vida cultural de Setúbal, foi-nos cedido pela União de Freguesias de Setúbal um espaço na Av. Luísa Todi onde funciona a Sede da Casa da Poesia que é também apoiada pela Câmara Municipal de Setúbal.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *