Ansiedade alimentar afeta comemorações natalícias

Um interessante artigo, que ajuda a melhorar os comportamentos ‘alimentares natalícios’.

Com a chegada do Natal e do Ano Novo, vêm também os excessos alimentares e o início de uma “guerra” com a balança para muitos portugueses. Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa, ajuda a reduzir a ingestão excessiva de gorduras e açúcares, dando alternativas saudáveis para confecionar os tradicionais alimentos mais consumidos nesta época.

“Equilíbrio é a palavra de ordem durante as épocas festivas. As pessoas devem tentar manter o equilíbrio entre a vontade e a necessidade de ingerir as tradicionais e deliciosas iguarias. Em momento algum, as pessoas devem deixar que a ansiedade do aumento de peso tire o prazer de comemorar esta época em família e, muitas vezes, é isto que acontece”, explica a nutricionista.

2-1Ana Rita Lopes acrescenta que, no momento da confeção dos pratos, é possível fazer algumas alterações às receitas tradicionais: “trocar as natas por iogurte, utilizar apenas as claras dos ovos em detrimento dos ovos inteiros, dar prioridade à farinha integral e a alimentos magros e, quando a escolha é carne, optar-se pelo peru. No caso do bacalhau, deve ser demolhado entre 24 a 48 horas antes da confeção, consoante o tamanho das postas, para que o seu teor de sódio seja o mais reduzido possível”.

O tradicional jantar de consoada costuma ser saudável, mas a nutricionista alerta que “é importante não acrescentar gorduras, evitando fritos e molhos como maionese, manteiga ou óleo e dar preferência às ervas aromáticas para temperar, como substituto do sal, e escolher o azeite como gordura”.

Não saltar refeições, comer em pequenas quantidades, evitar estar mais de três horas sem comer e beber água ou infusões, sem adição de açúcar, entre as refeições também ajuda a evitar os excessos alimentares.

Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *