//Algarve destaca-se no Concurso ‘Alimentação Saudável e Sustentável’

Algarve destaca-se no Concurso ‘Alimentação Saudável e Sustentável’

Alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve (EHTA), situada em Faro, conquistaram dois prémios.

Os prémios foram atribuídos no âmbito do Concurso Alimentação Saudável e Sustentável do Programa Eco-Escolas, nas categorias de Eco-Ementas (1º Lugar) e Eco-Cozinheiros (1º Lugar).

A Eco-Ementa vencedora, destinada à época de Primavera-Verão, apresentava, como entrada, um gaspacho mediterrânico, seguindo-se, como prato principal, um hambúrguer de pescada e cascas de cenoura, batata-doce fatiada e cenoura e feijão verde salteados. A sobremesa era constituída por laranja laminada com canela, enquanto a bebida era água aromatizada com citrinos e gengibre.

Após a proposta das eco-ementas, os alunos foram desafiados a serem “eco-cozinheiros” e realizar as receitas propostas nas ementas, gravando um vídeo explicativo de 3 minutos.

Neste segmento da participação, os alunos da EHTA mantiveram a mesma ementa, mas acrescentando um brownie de feijão-preto na sobremesa, para acompanhar a laranja.

Segundo Paula Vicente, diretora da EHTA, “este é o resultado de um trabalho diário desenvolvido com os jovens nestas temáticas da promoção da responsabilidade ambiental e da sustentabilidade, fundamentais para a nossa missão de educação para um turismo sustentável”.

Do Algarve, foi ainda premiada a Escola EB 2,3 Júdice Fialho, de Portimão, que venceu um 2º prémio na categoria Brigada da Cantina.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Programa Eco-Escolas continua a desafiar as Eco-Escolas a trabalharem o tema da Alimentação Saudável e Sustentável.

Neste ano letivo 2017-2018, um total de 227 escolas aceitaram o desafio, participando nas diferentes atividades propostas, que visaram motivar a investigação sobre os alimentos que consumimos e os nossos hábitos alimentares e incentivar à divulgação de atitudes saudáveis e sustentáveis, através da elaboração de propostas concretas como as eco-ementas, que pudessem vir a fazer diferença na alimentação quotidiana das crianças e dos jovens, não só em contexto escolar, mas também em casa.

 

Foto: hambúrguer de pescada e cascas de cenoura, batata-doce fatiada e cenoura e feijão verde salteados