//Água de Lisboa oferece visitas e sabores

Água de Lisboa oferece visitas e sabores

Para assinalar os 150 anos a EPAL oferece visitas ao Museu da Água e água com sabores durante o verão.

A atual empresa que abastece água a Lisboa substituiu em 1868 uma outra que faliu, porque nessa altura ninguém pagava a água que consumia. Agora, para assinalar os 150 anos de existência, a Empresa Pública das Águas Livres (EPAL) vai «distribuir» presentes.

Assim, aos fins de semana, até final de 2018, a visita aos quatro polos do Museu da Água, em Lisboa, é grátis. Por outro lado, durante o verão, haverá distribuição gratuita de água com sabores pela cidade.

Durante uma visita com jornalistas aos vários polos do Museu da Água, José Sardinha, presidente da empresa, lembrou o percurso da EPAL, que começou ainda na monarquia e passou por duas guerras mundiais, a guerra colonial e uma ditadura. Revelou ainda que esta é uma das empresas mundiais com menos perdas de água e se assume como pioneira na possibilidade de fornecer consumos de água bi-horários.

Mas as comemorações deste aniversário ‘redondo’ não se ficam por aqui. Para além de concertos de entrada gratuita nas instalações do Museu, em junho, agosto e setembro, haverá uma conferência sobre a água em outubro, concursos e o ‘pátio da água’. Trata-se de utilizar carrinhas que circulam pela cidade e junto das quais se montam pequenas esplanadas, para distribuição de água da torneira com vários sabores e temperaturas.

Para este ano está igualmente prevista a abertura ao público, para visitas com marcação, de mais uma galeria subterrânea, a chamar-se Galeria das Necessidades, que liga um chafariz perto do Museu Nacional de Arte Antiga à Lapa.

Esta nova atração junta-se a outras disponibilizadas pela EPAL, nomeadamente o aqueduto das águas livres, com uma rede invisível de 12 quilómetros de túneis, alguns que ainda hoje transportam água e outros, com apenas 1,5 quilómetros, que são atualmente visitáveis.

Foto: C.M. Lisboa