//7 Maravilhas da ‘doçaria portuguesa’ em 2019

7 Maravilhas da ‘doçaria portuguesa’ em 2019

Luís Segadães, presidente das 7 Maravilhas de Portugal, anunciou que os doces portugueses serão o tema da próxima edição deste concurso.

Ainda não foram revelados pormenores sobre esta nova edição, que poderá vir a colocar em confronto propostas de doçaria popular e conventual, depois da eleição das ‘7 Maravilhas da Gastronomia’ que elegeu, em 2011, o Caldo Verde, a Alheira de Mirandela, Queijo Serra da Estrela, a Sardinha Assada, o Arroz de Marisco, o Leitão da Bairrada e o Pastel de Nata.

Nas ‘7 Maravilhas à Mesa’ reveladas recentemente em Albufeira, saíram vencedoras as seguintes mesas: Albufeira, Bairrada ao Mondego, Lajes do Pico, Mirandela – Maria Rita do Romeu, Monção, Terras da Chanfana e Vila Real.

As 7 Maravilhas à Mesa® foram a sétima edição das 7 Maravilhas em Portugal, um projeto que uniu gastronomia, vinhos e azeites, e roteiros num conceito integrado de “mesa” que não existia. O projeto arrancou em novembro do ano passado, com a fase de candidaturas. De uma lista longa de cerca de 200 mesas candidatas foram selecionadas 49 pré-finalistas por um painel de 77 especialistas de todas as regiões do país.

A votação pública começou a 20 de julho e as finalistas foram apuradas em 7 Galas eliminatórias, emitidas aos domingos em prime time na RTP1 e RTP Internacional. Em cada Gala eliminatória foram apuradas duas finalistas, num total de 14 que foram votadas numa segunda fase de votação, entre 9 de setembro e a Gala Final ontem à noite. As 7 eleitas são escolhidas por votação pública e apuradas pelo maior número de votos, as 7 em pé de igualdade. Todo o processo de votação foi auditado pela PwC.

Desde 2007, foram já realizadas edições que elegeram as 7 Maravilhas de Portugal, 7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo, 7 Maravilhas Naturais de Portugal, 7 Maravilhas – Praias de Portugal, 7 Maravilhas da Gastronomia, 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias e 7 Maravilhas à Mesa.