Tem 15 mil euros para uma garrafa de vinho? Então isto interessa-lhe.

Um colecionador vai vender garrafas raras em leilão realizado pela britânica Sotheby’s.

Ainda não tem data marcada, mas tudo indica que será até final deste mês, o leilão de uma melhores coleções de vinho do mundo. Pelo menos na apreciação dos especialistas na matéria.

Trata-se de um leilão que se espera venha a atrair algumas dezenas de apreciadores, sobretudo colecionadores, com capacidade financeira para entrar nos lances que vão determinar quem leva as raridades vínicas.

De acordo com a Bloomberg, entre os vinhos a leiloar encontram-se, a título de exemplo, um Chateau d’Yquem Sauternes de 1874, um Chateau Latour de 1908, um Yquem de 1921, um Chateau Mouton Rothschild de 1945 ou um magnum de Latour de 1959. Os preços, calcula-se, poderão variar entre os 2.500 e os 7.500 euros.

Contrariando o que é habitual, prevê-se que sejam vinhos mais recentes, os que poderão alcançar preços mais elevados. Poderá ser o caso dos Chateau Lafite Rothschild de 2000 com valores facilmente próximos dos 10.000 euros, ou dos Mouton do mesmo ano que poderão ultrapassar os 12.500 euros e ainda as garrafas mais valiosas e um pouco mais antigas de Petrus de 1982 cujo valor final se calcula venham a ultrapassar os 15 mil euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *