10º «Peixe em Lisboa» no Pavilhão Carlos Lopes

O Peixe em Lisboa, emblemático evento gastronómico dedicado à gastronomia de mar, terá a sua 10.ª edição no recém-reaberto Pavilhão Carlos Lopes, de 30 de março a 09 de Abril.

Nos 10 restaurantes que funcionam em permanência, há a estreia do restaurante Alma, do conhecido chefe Henrique Sá Pessoa, distinguido com uma estrela Michelin na última edição do guia, assim como do Boi-Cavalo, um pequeno restaurante “de culto” de Alfama, com a cozinha de Hugo Brito, e ainda o regresso ao Peixe em Lisboa do mais conceituado chefe português de cozinha oriental, Paulo Morais, com o restaurante Rabo d’Pêxe. Marcam ainda presença A Taberna da Rua das Flores, outro pequeno local de culto de Lisboa; o Ibo, que proporciona sabores de gastronomia portuguesa e moçambicana; o Chapitô à Mesa, de Bertílio Gomes, um dos nomes mais sólidos da cozinha portuguesa; o Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, com Pascal Meynard e a cozinha francesa com um toque de irreverência e risco; o Arola do Penha Longa, chefiado por Milton Anes, acaba de ser distinguido com uma estrela Michelin; o chefe Kiko Martins, autor de restaurantes como O Talho, a Cevicheria e d’O Asiático, e, por fim, o Ribamar, de Sesimbra, de Hélder Chagas, único restaurante que esteve sempre presente nas 10 edições do Peixe em Lisboa.

Provas

A grande novidade em provas nesta 10.ª edição do Peixe em Lisboa é a Prova de Pataniscas (dia 3 de abril), na qual os participantes convidados apresentam a concurso pataniscas cozinhadas à moda lisboeta. Trata-se de uma prova cega perante um júri que irá avaliar e pontuar as pataniscas, tendo em conta fatores como o “Aspeto”, o “Crocante da massa”, o “Sabor e consistência do interior”, a “Ausência de gorduras” e o “Sabor global” numa escala de 0 a 10.

Novidades no Peixe

A pensar nas famílias, a 10.ª edição do Peixe em Lisboa conta com uma área exclusivamente dedicada às crianças, onde os mais pequenos podem fazer experiências culinárias que têm o peixe e o marisco como estrelas principais, assim como aprender a cozinhar com ingredientes frescos e a comer de forma saudável, com a ajuda de nutricionistas.

Ainda nesta edição, existirão ações de sensibilização para o consumo sustentável de peixe em colaboração com a Ciência Viva –“Peixe com Ciência” (dia 04 de abril), onde numa sessão informal se discutirá a sustentabilidade do consumo de produtos do mar sem colocar em risco a biodiversidade do oceano.

Mercado Gourmet

O habitual Mercado Gourmet, onde os visitantes podem encontrar uma vasta oferta de produtos de mercearia fina, azeites, vinhos, gelados, chocolates, enchidos, queijos, doçaria tradicional, utensílios de cozinha e conservas sem esquecer a indispensável banca de peixe fresco, estará nesta edição integrado no Food Court, instalado no salão principal do Pavilhão Carlos Lopes, permitindo a livre circulação entre os restaurantes e o mercado, numa integração plena de aproveitamento do espaço e dando ao público a oportunidade de conhecer o que de melhor se faz e produz em Portugal.

O novo espaço – Pavilhão Carlos Lopes – introduz uma nova dinâmica ao Peixe em Lisboa ao permitir ter cozinhas mais amplas dos restaurantes dos chefes presentes, assim como um maior número de lugares sentados (497) e de visitantes.

Mais informações em: www.peixemlisboa.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *